ENSAIO DE NELSON BRISSAC

Nelson Brissac Filósofo e professor do Departamento de Comunicação e Semiótica da PUC-SP e organizador, desde 1994, do Arte/Cidade.

Ary Perez e Denise Milan ocupam um lugar sui generis na paisagem da produção artística do país. Num momento de estagnação quase completa da criação estética, eles voltam-se para o desenvolvimento e a sistematização da linguagem da escultura ou da arte em espaços urbanos.

Os seminários sobre arte pública e o suporte logístico ao trabalho de inúmeros artistas já indicavam essa preocupação com o repertório conceitual e técnico da arte. Nesta exposição, - uma espécie de síntese de toda a produção mais recente da dupla -, esses princípios ficam evidentes.

A articulação entre procedimentos escultóricos aparentemente mais intuitivos, como o arranjo de pedras num dispositivo astronômico, com kits de desenho geométrico, concebidos para indicar como aqueles elementos podem ser letras de uma linguagem abstrata, é surpreendente e maravilhosa.

Do Observatório de Chicago ao dispositivo interativo instalado em São Paulo, o que se destaca é a indicação que a criação artística resulta de conquistas conceituais e de procedimento resultantes oriundos da consolidação de uma linguagem.Toda a história da arte -- e da arquitetura e da ciência --está aludida aqui.